Curiosidades do Concreto #3

“Há muitas décadas tenho manifestado minha preferência pelas linhas curvas. Estas devem ser compreendidas como resultantes de minha própria eleição pelo concreto armado. Trata-se de elementos que se impõem em razão da busca por explorar as potencialidades – a meu ver, ilimitadas – do concreto armado.”

A fala é do arquiteto mundialmente reconhecido Oscar Niemeyer. Foi retirada de uma entrevista que deu, em que fala sobre temas que variam desde à sua paixão pelas curvas, aos seus exemplos profissionais e, claro, o motivo pelo qual adorava trabalhar com concreto.
A entrevista foi publicada no começo de 2012, poucos meses antes de Niemeyer morrer. Para lê-la na íntegra, basta clicar aqui.

Fábio Motta  / Estadão Conteúdo

Prédio 360°: casas suspensas em um edifício

A revista Téchne publicou na sua última edição o processo de construção inteiro de um dos prédios mais inovadores do século XXI. Curioso? Tudo bem, a gente dá um resumo pra você.

construção Fachadas assimétricas

O projeto foi feito pelo arquiteto Isay Weinfeld para dar um toque moderno à vista de São Paulo.  Nas fotos acima, o processo de construção e o prédio, já pronto. A ideia, de acordo com o arquiteto, era fazer “casas suspensas”, com direito a apartamentos com plantas entre 130 m², 170 m² e 250 m² e pátios.

Diferente do convencional, todas as quatro fachadas são principais, dando uma ideia de tridimensionalidade, com uma volumetria de cheios e vazios. Daí o nome que batizou o empreendimento: 360 graus. A construção, claro, foi feita com peças pré-moldadas de concreto, ou teria demorado bem mais que os 40 meses que levou desde as primeiras etapas até a conclusão.

Quer mais? É só clicar aqui!

Curiosidades do Concreto #2

Muitas são as ações sustentáveis promovidas nas últimas décadas com o objetivo de diminuir a poluição e prejudicar menos o mundo. É uma tendência abraçada por empresas preocupadas com o futuro de planeta e que aproveitaram a onda verde da construção civil optando sistemas construtivos limpos rápidos e eficientes.

E em meio a essa tendência, sabe quem se deu bem? O concreto!Em entrevista à revista Concreto e Construções, o chefe dos laboratórios da Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP) afirma: “Em termos de sustentabilidade, o concreto armado consome muito menos energia do que o alumínio, o aço, o vidro, e também emite proporcionalmente menos gases e partículas poluentes”.

Como os pré-moldados podem ajudar na construção da sua casa

Mais conhecidos pela construção de estruturas feitas para outras empresas ou indústrias, as peças pré-moldadas também começam a ganhar espaço em uma outra área: a dos lares. Depois do post passado, em que falamos sobre um arquiteto que, já em 2009, inovou construindo sua casa com pré-moldados, trazemos hoje uma matéria mais atual, que fala de todas as vantagens que fazer isso, em pleno 2013, vale muito a pena.

Entre as vantagens de optar por essa solução, a matéria e os profissionais que ela traz destacam a agilidade na construção, a utilização de menos mão de obra, a limpeza e inclusive o custo reduzido em comparação com outros métodos mais comuns de construção.

Ficou interessado? Leia a matéria na íntegra clicando aqui!

Casas feitas com pré-moldados

A revista Arquitetura e Construção trouxe, em uma de suas edições, uma matéria chamada “Em ritmo cadenciado, nasce uma casa”. O texto, bem escrito e sucinto mostra como o arquiteto Tito Ficarelli se animou para construir sua casa em São Paulo.

A obra foi rápida e bem planejada. Apenas quatro meses depois, já estava pronta para morar! Como? Construída inteiramente com peças pré-moldadas, o resultado foi baixo custo e uma casa de 192m².

aec302-casa-56_03 aec302-casa-56_01

Fotos: Gabriel Arantes, revista Arquitetura & Construção

Quer mais informações? Clica aqui e acesse a matéria na íntegra

Notícias sobre Concreto

Fique ligado! A partir de outubro deste ano, os blocos de concreto deverão ser fabricados ou importados obedecendo a novas regras de produção e comercialização estabelecidas pelo Inmetro. A portaria nº220 regulamenta blocos de concreto simples para alvenaria, incluindo os blocos inteiros, de amarração L e T, meio bloco, 2/3 e 1/3 do bloco inteiro.

S

Quer mais informações? Leia todas as regulamentações e obrigações podem ser conferidas no site do Inmetro clicando aqui.

Curiosidades do Concreto #1

Você sabia? Estima-se que anualmente sejam consumidas 11 bilhões de toneladas de concreto — o que dá, segundo a Federación Iberoamericana de Hormigón Premesclado (FIHP), um consumo médio de 1,9 tonelada de concreto por habitante/ano. Isso significa que o consumo de concreto só não é tão grande quanto o da água! No Brasil, de acordo com uma matéria publicada na revista Concreto e Construções, a quantidade deste material que sai de centrais dosadoras gira em torno de 30 milhões de metros cúbicos.

Além do baixo custo e da abundância dos materiais que o compõe, há duas propriedades principais que fazem com que o concreto se destaque e seja usado em larga escala:

2013-05-08 13.48.55

  • A resistência à água: diferente do aço e da madeira, o concreto sofre menor deterioração quando exposto à água e por isso é muito usado razão em estruturas de controle, armazenamento e transporte de água.
  • A plasticidade – essa característica torna possível as várias formas construtivas do concreto, como se vê nas obras arquitetônicas de Niemayer ou até em peças de pré-moldados, como as da foto.